21 dezembro 2013

Oii. :D

Eu não vim aqui para falar que o QC vai continuar ou simplesmente acabar, não sei exatamente o que vai acontecer. Bom, eu entrei de férias faz um bom tempo e disse que iria me dedicar exclusivamente ao blog, maaas... a preguiça bateu. Eu tava cansada de fazer qualquer coisa e tirei uns dias para descansar. Nesse meio tempo eu comecei a gostar mais da cultura e estilo japonês, mangás, etc. Pretendo mudar o Layout e voltar logo.
Eu não expliquei aqui o motivo do sumiço, né? Lá na page eu avisei, mas vamos explicar aqui. Eu estava estudando, fui fazer o processo seletivo do ifes. Hehe.
Então, é só isso. Acho. Ate o próximo post. :D
1 comentários Postado por Mayara Vianar às 11:29
06 outubro 2013

Oh, Oh, Oh...


Quando vi esse vídeo, fiquei mega-curiosa para saber de quem era essa voz e o nome dessa música. E também me vi nessa vida, mostrada no vídeo, super-animada, com as amigas na balada. O que infelizmente não acontece na minha vida social (se é que ainda tenho uma).
Meu gosto  musical vária muito entre rock pesado, musicas com violão, pop e essa. Levinhas e com batidas (e com uma carinha meio antiguinha, fofinha, levinha, tudo com muito inhas. Ok, Mayara para! u.u). 
Fuçando, fuçando e fuçando, achei. Quem canta é a nossa (minha! Haha) Mallu Magalhães e o nome da música é Highly Sensitive. Para quem achou a música ótima recomendo dar uma olhada nas outras músicas dela que também seguem esse estilo fofo.
3 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:56
05 outubro 2013

O que será do QC?

Essas semanas agora eu acabei sumindo da blogsfera, por que estava preparando uma surpresa para vocês. O que? Um layout novinho em folha (passado e engomado).  E outra: Logo, logo vou estar fazendo layouts exclusivos -tipo aqueles que você paga- e de graça. Ainda essa semana vou estar disponibilizando um site com todas as informações para a encomenda do seu layout (e também regrinhas necessárias).
Como recentemente eu comecei um curso de web design, queria treinar um pouco. E quis fazer de graça pois por enquanto por que não sei fazer coisas para lá de maravilhosas (então,  por favor, não esperem muito de minha pessoa). Mas caso você queria algo mais elaborado, eu posso tentar. Talvez eu demore um pouco, mas será incluído uma pequena cobrança.
Lembram que eu vivia falando que queria pintar meu cabelo de rosa? Então! Perceberam a menina do cabeçalho? Quando achei esses desenhos, me encantei. Especialmente por essa menina aí. Eu me via em futuro distante parecendo com ela. Mas com cachinhos.
Bom, como o QC passou algumas semanas sem ser atualizado, vou tentar trazer bons conteúdos essa semana para recompensá-los.
Mais uma noticia final: Talvez teremos sorteio. :)
2 comentários Postado por Mayara Vianar às 14:03
23 setembro 2013

Hair inspiration: Colorful


Quem me conhece sabe que eu sou apaixonada por cabelos coloridos. Não sei se cheguei a comentar isso aqui no blog, mas sei que qualquer dia desses vou pintar meu cabelo de rosa clarinho, para parecer -literalmente- um algodão doce. Bom para isso falta a autorização da minha mãe e um cabelo um pouco mais forte para receber a descoloração (e dinheiro). Afinal para a tinta pegar bem o cabelo tem estar numa cor suuper clara. E enquanto eu espero, resolvi separar algumas imagens do we♥it, algumas inspirações. Ó:







Mas agora, me contem. Quem aí tem vontade de pintar o cabelo também? E de qual cor?

15 comentários Postado por Mayara Vianar às 18:49
18 setembro 2013

O dia em que te conheci.

Eu estava no ônibus viajando janela a fora. Tentando imaginar o como seria a vida daqui a alguns anos. É eu tenho essa mania de ficar imaginando o que pode nunca acontecer. Todo mundo tem!
Mal pude perceber quando você sentou ao meu lado e me deu bom dia. Respondi tão baixo, que tive a impressão que não tivesse ouvido.
Você sorriu. Eu sorri. E por um segundo achei que meu coração iria parar, ou sair pela boca. Outra mania minha: Me apaixonar muito rápido por pessoas que eu mal conheço, e vocês sabem, nunca dá coisa boa. Não para mim.
Não posso dizer que foi assim paixão. Só senti algo a mais, algo que me fazia feliz.
-Huum, posso atrapalha-la? Gostaria de saber seu nome.
Muito educado -pensei- Clarie.
-Você estava tão distraída, me pergunto o que estava pensando.
-Nada demais. No futuro, talvez. Tenho medo do que possa vir.
-Sabe, também penso no futuro. Parece meio incerto, mas é tão bom. O futuro parece um monstro de sete cabeças para alguns, mas não é tudo isso. O que estamos vivendo agora é o futuro que tínhamos medo no passado.
Me virei para olhar para a janela novamente. Tudo parecia tão bonito lá fora, tão calmo. 
-Bom, tenho que ir. -Disse ele já se levantando-
-Gostei de falar com você, poderíamos conversar mais. -Disse apontando para o celular-
Ele me passou seu telefone e foi embora. Ele era o tipo de garoto, que não precisaria fazer muito esforço para me conquistar. Talvez ele já tenha. E com um sorriso no rosto me peguei de novo pensando no futuro. Entre todas as pessoas do ônibus, eu tive a sorte de te conhecer. Tive a sorte, de conhecer alguém. 
Você gostava de falar, de sorrir também. E talvez eu tenha encontrado um felicidade incerta nas suas palavras e nos seus sorrisos. 

10 comentários Postado por Mayara Vianar às 08:13
17 setembro 2013

Os melhores editores de fotos online

Para quem não tem muita experiencia (ou mesmo nem tem um) com o photoshop, pode recorrer aos editores de fotos online. Quando você não está no seu computador eles quebram um galhão. Além de práticos eles nem pesam no seu computador e não tem aquela trabalheira toda para baixar. (E eu agradeço, pois minha paciência para baixar algo é nula. Haha!)
Foi pensando nisso que eu separei os que eu mais uso. São os melhores para mim. :)

PicMonkey:

Quer um editor de fotos completo? Então esse é o melhor. Existem várias opções no site. Textos, fundos, texturas, efeitos e muito mais você acha por lá. Digamos que até você usar todas as coisas de lá, vai demorar. Ah! E meninas, sabe aquela foto que você saiu que nem um panda? Então, ele dá jeito. Existe um tópico que dá para você se maquiar online. É com ele que eu edito todas as fotos aqui do blog.

Pixlr Express:


Esse também é ótimo, mas é um pouco mais limitado. Nele você encontra alguns efeitos, e também algumas coisinhas diferentes. Se você quer algo bem pratico, é uma ótima opção. Pra quem não tem pratica ainda nem com onlines ou quer algo menos detalhado e mais rápido: Pixlr Express. 



Esse é bem antigo, eu sei. Mas mesmo assim continua sendo ótimo. Tem as mesmas funções de todos os outros os dois. Só não tem algumas funções, como colagem. Tira olhos vermelhos e também tem maquiagem. Eu reparei que a maioria dos efeitos dele é mais voltado para o vintage. É ótimo para você que quer muitos efeitos vintages e com praticidade.



11 comentários Postado por Mayara Vianar às 15:18
15 setembro 2013

Decoração: Imagens inspiradoras


Esses dias eu estava prometendo me livrar das tranqueiras do meu quarto. Queria dar uma cara nova para ele. Mas e a inspiração e a grana para decora-lo? Mas nem precisa de muita grana. E só questão de uma ajeitadinha aqui e ali e pronto! Um quarto arrumadinho. E fuçando a net, fui achando várias imagens bonitinhas e ideias super legais. Me inspirei e tão ai algumas ideias bem fofinhas.







5 comentários Postado por Mayara Vianar às 15:09
12 setembro 2013

O que, para você, é ser blogueira?

Os blogs, que já tem um espaço na internet, vem conquistando cada vez mais e mais espaço. Eu infelizmente não pude conhecer os blogs na época que eles eram diários. Conheci os blogs um pouco depois, na época que eles já estavam no auge e passei a cada vez mais gostar dessa atmosfera. Pouco tempo depois criei o meu. Não era muito visitado e nunca foi, desisti dele mas não desisti de ser blogueira e passei para o Quis Comentar.

É meio complicado desistir de um para passar para outro, ou nem passar. Pegamos um certo apego por aquilo que fazemos. Certo dia me perguntaram: Por que você não posta todos os dias e leva tanto tempo para voltar? Não achei rude da parte delas, então vamos falar logo. Eu não acho que eu deva voltar obrigada, e mesmo que eu volte sempre gosto de voltar com alguma novidade ou inspirada. O que é meio raro. Por isso a demora, não sou muito de persistir em algo, mas nada disso diz que desisti. Quero vir para cá quando dá vontade de verdade. Quando sinto saudades. (Ok, mas as vezes eu tô ocupada mesmo)

Algumas pessoas já me perguntaram: Esse negócio de virar blogueira dá certo? E sempre respondo: Estou tentando para ver. Mas existem várias meninas por aí que mostraram que dá sim certo. Existem meninas que  querem ser, sonham com isso, ou até já são.

Aí para fechar esse post cheio de dúvidas e explicações: O que, para você, é ser blogueira?
Eu sei que o texto deu uma reviravolta toda doida, mas é meu jeito, começar em um ponto e terminar em outro totalmente diferente, mas era isso que eu queria perguntar. :)
2 comentários Postado por Mayara Vianar às 19:43
01 setembro 2013

Contos de fadas não existem

Ela não se tornou uma princesa, nem achou seu príncipe encantado. Embora tenha visto muito isso em seus filmes prediletos: os contos de fadas. É, aqueles que tudo termina feliz, aqueles que nos iludem. E desde de pequena ela foi iludida. Sonhava, e acordava a porradas. Não, ninguém batia nela verdadeiramente, foi só uma maneira de falar o quanto a vida a enganava e a acordava para o que ela não queria ver.
Desde de muito pequena sofreu bullying. Não parecia se importar e não se importava mesmo. Isso não afetou sua infância. Ela era normal, apesar de muitas vezes, várias vezes, sua mãe ter que visitar a escola por motivos agressivos.

Logo que cresceu, também parecia normal. Mas mal sabiam eles que era uma ótima atriz. Fingia sorrisos forçados, felicidade não existente. E sempre sorria ao invés de gritar.
Já estava virando um ritual. A noite quando todos estavam dormindo, ela desabava.  Desabava sozinha. Tinha medo de julgamentos e de ouvir frases do tipo: "Sua mal agradecida! Te damos tudo. Por que ainda tá chorando?"

Era magra, o que mais estava faltando para não ser chamada de feia? Não era bonito ser magro?
Não tinha um príncipe, nem um sapo. Não tinha coroa, não tinha nada. Apenas um abismo, onde cada vez caia mais e mais, esperando talvez um dia poder voar e sair dali.
Encontrou pessoas como ela. Ficaram amigas. Duas amigas que estavam caindo.
Tão jovem e com tantos problemas. Não era livre, nem um pouco. As pessoas decidiam o que ela ia fazer, comer ou vestir. E no final sempre sorria, pois sabia que lutas seriam em vão.

Queria conversar com alguém, na verdade queria ajuda. Criou um blog, e tentou falar sobre o problema da amiga e alertar quem estava lendo. Queria ajudar quem sempre ajudou. Era um blog pequeno e vazio, combinava com ela que também era vazia, assim o blog começou a crescer e amigos passaram a lê-lo e ela se calou, pois sabia que quem estava mais perto era quem mais iria julgá-la.

E (não) foi feliz para sempre...
7 comentários Postado por Mayara Vianar às 17:36
27 agosto 2013

Como e onde divulgar seu blog


Para quem não vê minhas postagens super-chatas no facebook (Haha!), não sabe, mas eu divulgo o Quis Comentar por esse meio. Não é só pelos meus amigos. Eu também divulgo por grupos específicos para esse tipo de postagem. Os que você têm uma porcentagem maior de não ficar no vácuo são:

Divulgação de blogs femininos                           Eu S2 blogar                                           Eu amo blogar
Somos blogueiras!                                            Blogueiras de 1ª viagem                      Sim eu sou blogueira
Eu amo meu blog                                              Blogueiras com orgulho                       Blogueiras amigas

Esses são só alguns, mas exitem outros grupos para que você divulgue seu blog.

Outras maneiras de divulgar:

Comentários
Isso mesmo! Sabe quando você comenta no seu blog favorito? Então, as blogueiras costumam a retribuir. Tento comentar  sempre que da tempo. Funciona, viu?

Crie um próprio grupo pro blog. Os membros vão se juntando e conhecendo. Convide pessoas conhecidas depois peça para elas ajudarem, mas principalmente faça algo divertido e legal, que as pessoas gostem. Esteja sempre interagindo com elas.
E aí gostaram? Tem mais algumas dica que funcione? Me contem!

9 comentários Postado por Mayara Vianar às 17:45
26 agosto 2013

Você assisti vlogs?

Para quem não conhece vlogs são vídeos onde as pessoas expressam sua opinião, fazem algo engraçado, etc. Os vlogs começaram a popularizar por aqui em 2010, mas só pegaram firme no ano passado. Foi onde eu conheci os vlogs. Entre os que eu assisto e gosto muito está: Não faz sentido (Felipe Neto), 5inco minutos (Kéfera), mas poxa vida (PC Siqueira), Eu fico loko (Christian Figueiredo), Parafernalha e Porta dos Fundos.
Então aí uns vídeos para vocês conhecerem melhor, cada um. ;)


E aí o que acharam? Quais vocês tirariam e quais colocariam? Me contem! :)
E aí? Tô sumindo e voltando, mas se quiser me acompanhar me siga lá no meu facebook e no meu twitter
1 comentários Postado por Mayara Vianar às 06:58
23 agosto 2013

O que levar na bolsa de viagem


Sei que não está na época de ferias, mas sempre tem aquela viagenzinha, né? Aquela de ultima hora que te pega desprevenida. Você acaba na pressa esquecendo um monte de coisa, vai dizer que não? Aí os problemas começam. Eu posso dizer que sou um poço de esquecimento para isso. haha! Já esqueci chochinha, roupa, saída de praia, lençol, meus unicórnios, a casa... (kkk, ta parei! XD).
A questão é que existe sim, um certo esquecimento nessa parte. E para quem esquece muita coisa, aí vai uma listinha sobre o básico.

Roupas (Mas é mesmo?)- O suficiente.
Sapatos - Uma rasteirinha ou chileno. Um sapato para sair, aí vai a gosto. Se gostar de sair de saltão, leve. Se não um sapato bonitinho. Eu realmente prefiro sapatos bonitinhos, digamos que não funciono bem com saltos.
Blusa de frio
Biquíni (Caso o lugar que você for tiver praia) - Saída de praia
Escova de dentes (Acho que é o que mais a gente costuma a esquecer.)
Livros
Carregador - Fone
Coisas a mais
Maquiagem
Câmera
chochinha

Bom gente, esse é meu básico. Não costumo a levar mais que isso,talvez um pouquinho, acho o resto desnecessário. O que mais você costuma a colocar na sua bolsa de viagem e que não pode faltar? Me contem! 
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 18:46
22 agosto 2013

Quis Comentar: Comentários em blogs


Me diga quantas vezes você comentou no seu blog favorito o qual você não perde nenhuma postagem? Poucas, né?
São esses poucos comentários que levam ao blogueiro a desanimar, ir desgastando e desistindo do blog. Não custa nada você comentar. E só cinco minutos. Foi por esse e vários motivos, que eu fui parando com o blog. Eu sei que muitas vão reclamar: "Comentários geram comentários", mas é mesmo. Serio eu acho que depois que parei de comentar em alguns blogs pararam aqui também, mas não é culpa minha é meu pc que ta com defeito e não ta pegando um monte de coisa. Mas esqueçam isso. 
O que deixa o blog mais legal e interessante pedacinho ali debaixo da postagem que as pessoas mostram sua opinião e conversam entre si. 
Por favor, não estou mendigando comentários, nem os implorando, apenas quero mostrar a vocês o quanto é importante comentar. Quem é blogueira sabe muito bem o como é passar horas e horas editando e escrevendo post para ter 2 ou 3 comentários bem superficiais, que quase não falam do assunto e muitas vezes alguns "segui, segue de volta?". Isso aborrece né? 
Então pessoal, o que acham de ir comentar um pouquinho mais no seu blog favorito? :)
4 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:34
18 agosto 2013

[Mais uma da matina] Conversar para esquecer


Olhei no relógio três vezes seguidas. Pela primeira vez não estava preocupada com meu horário de dormir, ou como ouviria se me pegassem acordada naquela hora. Eu realmente estava com a cabeça cheia de mais para dormir. Como eu deixei as coisas chegarem a esse ponto? Como eu pude fazer nada? 
Eu queria não me importar com aquela situação toda. Levantei-me, peguei um casaco no meu guada-roupa, atravessei toda a casa com o máximo de silêncio que alguém pode fazer. Me esgueirando pelo corredor peguei a chave. "O que eu estou fazendo?"- pensava. Tinha que revolver as coisas e tem  que ser agora. Já no lado de fora da casa me perguntava por que não tinha pego um casaco maior. Estava congelando. Mesmo assim fui. A rua parecia maior do que o normal, me fazia lembrar de tudo que passamos ali. 
Estávamos felizes em todas as lembranças que passaram na minha cabeça. E poderíamos ter continuado assim. Finalmente já tinha aquela rua acabara, mais alguns passos largos, mais algumas batidas aceleradas, mais alguns tremores de frio até avistar sua casa. Duas pedras na sua janela. A luz acendeu "Isso! Consegui acorda-lo" - Eu pudia jurar que pelo seu sono pesado, não acordaria nem se quebrasse sua janela- 
-Você podia ter me atingido com uma dessas pedras.- Disse ele com uma voz sonolenta- O que foi? Sentiu saudades minhas?
-Mas é claro que não.- resposta que minha mente teimava contrariar- Eu estava, com vontade de te dizer umas verdades. 
-Ainda com raiva? 
-Muita. -Disse batendo queixo-
-Aí fora parece estar frio. Só um minuto. -Ele fechara a janela e alguns minutos depois estava na porta- Vamos entre!
"É minha única opção antes que eu congele" Entrei, fui ate um canto da sala e me sentei. 
-Então pode falar.
-Por que ela?
-Existem coisas que não são entendíveis. O amor não explica.
-Então realmente você me esqueceu e se apaixonou pela minha melhor amiga?- Ele assentiu com a cabeça- O que eu devo fazer com esse buraco que você deixou? 
-Me esqueça, sim? É passado! Conheça mais pessoas, vai fazer bem para você agora. 
-Não posso te esquecer, estou fazendo o máximo para não te odiar, mas pelo menos podemos ser amigos?
-Se é assim que você quer, eu aceito.- Sorrimos-
Ele me levou em casa. 
-Adeus, obrigado! - disse já entrando e pude ouvir o adeus baixo dele. Ninguém havia acordado. Peguei meu notebook e em bloco de notas escrevi o quanto ele era uma pessoa legal. Parece que em apenas uma conversa, eu consegui superar a perda do amor da minha vida, superar meu passado. É assim, nunca tente resolver as coisas sozinha, converse. 
Já estava amanhecendo, precisava dormir. Peguei algumas cobertas e me deitei. Não parava de pensar, o que poderia acontecer daqui para frente. 

1 comentários Postado por Mayara Vianar às 08:04
15 agosto 2013

Dicas do dollish


































Dia desses eu tava passeando na internet, até que achei um blog chamado dollish. Infelizmente a dona não posta mais. Mas alguns posts que me chamaram muito atenção, tipo: como customizar sua mochila, como deixar seus cadernos organizados e o que mais me chamou atenção, dicas para ter uma letra impecável.  De começo eu achei meia absurda a ideia, como assim copiar uma fonte?

Depois de tentar bastante (bastante mesmo), estou conseguindo fazer minha letra ficar parecida com  a fonte Learning Curve. Bom a ideia é a seguinte, você acha alguma fonte que goste e tenta copiá-la no papel. Você vai escrevendo até se acostumar e pronto! Você têm uma letra nova. Mais detalhes lá no post dela. Acabou que a dica serviu para para mim, sabe como é, né? 8ª Série com a letra de chinês. Haha!

No geral, as dicas dela serviram muito para mim. Não sou nem um pouquinho organizada com meus cadernos (e odeio ir para escola, isso facilita minha despreocupação com ela), não sou organizada na vida, na mente, no blog, resumindo: em nada. De uma maneira ou de outra vou tentar seguir as dicas. E vocês o que acham? Gostaram da dicas? E que tal começar por hoje a dar um up na sua letra?
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:23
13 agosto 2013

As músicas que eu não paro de catarolar

Sempre tem aquelas músicas que nunca saem da nossa playlist, né? Aquelas ouvimos repetidas vezes, mas nunca cansamos. Essas músicas são as que mais nos marcam. Eu tenho costume de ouvir as mesmas músicas quase sempre. Minha playlist não é tão variada por esse motivo. Haha.
Então pensando nisso eu fiz uma listinha das músicas que nunca, nunca eu vou para de ouvir.
Eu fiz a playlist pelo site: grooveshark, que é um site onde você pode fazer várias playlists e ainda achar várias músicas novas.

Não saem da minha playlist by Mayara Viana on Grooveshark
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 18:08
10 agosto 2013

Mais um dia dos pais sem você.


7 anos, né? O que posso dizer. Acho que um "senti sua falta" seria bom, mas não suficiente. Eu sempre estava te esperando, enquanto eu via minhas amigas felizes com seus pais. Eu comecei a não me importar mais com isso, mesmo que eu gritasse com toda a minha voz e meu ar, não voltaríamos a ser uma família feliz. 7 anos fora, não apagam minhas lembranças de você, de mim. Nem o amor imenso que eu sinto. Eu não entendo, você arranjou uma família nova, eu um "pai" novo, mesmo assim eu não consigo ser feliz. É como se faltasse algo.

Depois que você deixou essa casa, aconteceram várias coisas. Notas baixas, gritos, portas batendo e amigos influenciadores. Reprovação, decepções  e uma tristeza enorme que preenchia minha alma. Sozinha eu passei por muita coisa que eu queria ter passado com você e a mamãe. Fui guardando as tristezas em um canto do coração, foram acumulando. E olhe só! Sua filha entrou em depressão. Não estava sabendo dessa, né?

Ela gritava e chorava, por você, mas cadê? Ah é! Ta em outra família agora, esquecendo que tem uma menininha triste. Sua filhinha assustada, agora está parecendo com raiva de você. Ela já não quer te ver mais, nunca mais. Era o que  dizia, mas na verdade  queria gritar que te ama e quer te ver de novo.

E cá está ela, dizendo que sentiu muito sua falta, que quer te ver de novo e que te ama mesmo assim. Mesmo você sumido.  Feliz dias dos pais, pai! Promete que volta logo? ;)
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 07:14
06 agosto 2013

1600 coisas que quero fazer na vida.













































Eu tenho uma pasta aqui no meu computador chamada: 1600 coisas que quero fazer. Eu não coloquei nem metade de 1600 coisas nela. Digamos que ela é um projetinho meu, eu quero fazer e fazer valer a pena minha vida. A maioria das coisas que estão nela são compravéis. Tem alguns sonhos também. Aí eu pensei: Por que não dividir isso com o blog?

Nela eu coloco algumas fotos do que e ainda quero comprar, ter ou fazer. Como esse all star aí. Sempre quis ter um. Vocês já fizeram alguma coisa parecida? E que tal tentar fazer essa pasta aí no seu computador? Você pode ir colocando o que você gosta nela! ;)

0 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:58
05 agosto 2013

41 coisas até o final do ano























Eu já tinha visto aquela tag 101 coisas em 1001 dias e ela me inspirou a fazer a minha. Eu coloquei apenas 41 coisas e até o final do ano, pois de hora para outra parei e pensei: Outro ano perdido! Isso me deixa muito triste sabe por que? Por que eu nunca faço nada e acabo passando o ano fazendo nada, apenas o deixando ir como um sopro. Eu sinceramente não sei se vou conseguir cumpri-lá, mas qualquer esforço ta valendo, né? Toda vez que eu cumprir algum item eu venho e atualizo ela.

Blog

1.Tirar mais tempo para fazer os posts
2.Arrumar o lay
3.Tirar mais tempo para divulgar

Cursos

4.Começar o curso de inglês.
5.Aprender a tocar violino.
6.Começar a estudar pelo Descomplica. (Ifes ta aí minha gente.)
7.Aprender a dançar, em algum curso ou com minha amigas.

Vários

8.Ter e poder usar todas as roupas que eu gosto.
9.Ler A culpa é das estrelas. Acho que todo mundo já ouviu falar desse, né?
10.Ir a alguma festa a noite.
11.Me aceitar assim do jeitinho que sou
12.Usar menos maquiagem.
13.Esperar menos dos outros e de mim mesma
14.Ser um pouquinho, só mais um pouquinho organizada
15.Aprender a cozinhar.
16.Decorar meu quarto de uma maneira que eu goste.
17.Conhecer alguém famoso.
18.Ir ao show do skillet
19.Passar a ver mais graça nas coisas
20.Ir a um evento de animes de cosplay
21.Fazer intercâmbio
22.Ajudar alguém
23.Cantar uma música bem alto no karaokê (como na infância)
24.Perder meu medo de agua de mar
25.Melhorar minha notas
26.Desenvolver um projeto na escola que estimulem os outros alunos a ler.
27.Ler pelo menos 15 livros
28.Ser uma filha melhor
29.Engodar um pouco mais (Enquanto as pessoas sofrem para emagrecer, eu sofro para engordar)
30.Assistir a seriados novos
31.Apagar do meu celular músicas que me lembram pessoas erradas.
32.Pensar menos e fazer mais.
33.Andar de roda gigante com alguém especial.
34.Ler O diario de anne frank
35.Ser mais simpática.

Compras

36.Comprar The sims 3 e suas expansões.
37.Comprar um notebook
38.Comprar e aprender a andar de patins.
39.Um cartão de memória de 4G para o meu celular.
40.Comprar um violino
41.Comprar o novo livro da Bruna que será lançado.

É isso, eu acho.

0 comentários Postado por Mayara Vianar às 19:16

Um futuro que ninguém sabe ao certo

Sabe, hoje eu me peguei pensando no futuro. Um futuro incerto. Eu não sei ainda o que vou fazer da vida, não sei se vou passar na faculdade de primeira. Não sei se vou fazer faculdade, é talvez isso eu já sabia. Vou fazer. Não sei do que vou trabalhar, nem se vou ganhar bem. Não sei se vou conseguir realizar meus sonhos, nem sei se vou conseguir comprar minha casinha. Mas as vezes eu acabo me pressionando quanto a isso. Acabo por achar que tenho que passar na faculdade de primeira, que tenho que sair da casa dos meus pais logo, encontrar alguém, fazer tudo perfeito. Acabo colocando uma pressão em mim mesma. Não sei o que me leva a ter esses pensamentos, mas eu realmente não ficaria triste em me decepcionar, talvez um pouco, só um pouco. Eu já tentei correr tanto nessa vida e dei de cara com as paredes. Então eu quero me levantar e andar, definitivamente andar. 
E vocês costumam a ter um medinho do futuro e ficarem confusos?

Ouvindo: Fix You
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 14:37
04 agosto 2013

30 coisas sobre mim

Sei que a maioria das pessoa aqui não me conhecem. Eu sou apenas uma menina estranha escrevendo. Então hoje eu vou fazer tipo um about me. As 30 coisas que QUASE ninguém sabe sobre mim.

1- Meu nome é Mayara Araujo Viana. (Vocês só conheciam o Viana, né?). Moro na Serra, mas nasci em Praia Grande (Já pelo nome: Praias).
2- Não tenho apelido. O máximo é: May ou ma.
3- Demoro muito para esquecer as pessoas a que amo. Sempre que recebo um fora, eu não "desencano", eu passo a pensar mais e mais na pessoa tipo umas 24 horas ao dia. Odeio isso!
4- Sou bv. (Não me zuem que nem na escola, ok?)
5- Detesto sardinha, não me pergunte porquê. 
6- Sou de descendência polonesa misturada com índios e africanos. Na verdade a família toda é mistura então eu não tenho tanta certeza que são apenas esse três. 
7- Um dos meus maiores sonhos é conhecer o Japão. Eu me imagino em uma futuro distante no Japão indo a uma banca de revista comprar mangá para meus filhos. :p
8- Detesto perfumes fortes. Eles irritam meu nariz, o fazem coçar. Não acho que alguém vá me impressionar tomando banho de perfume.
9- Ouço música 24 hrs por dia. Minha mãe que o diga, ela tenta falar comigo e sempre o bendito fone está lá beijando meus ouvidos. Divido minhas músicas em as que me fazem dançar, as que me fazem pensar e rock. 
7-  Odeio tirar fotos de mim. Não gosto de ser o centro das atenções e todas que eu tiro ficam um tanto estranhas.
8- Meus sentimentos me atrapalham muito. É como se quando eu ficasse triste, não faço mais nada. Não consigo fazer ou resolver nada direito enquanto não resolver meus problemas pessoais.
9- Ultimamente eu desenvolvi uma medo horrível de água de praia. Assisti um filme de terror que se passava em praias e bum! Agora estou com medo de entrar na água.
10- Não tenho medo do escuro, consigo me sentir segura nele.
11- Tenho medo de altura (Muito, muito mesmo)
12- Na escola sou ótima. Não sei como consigo essa proesa, não estudo, não faço nada, mas as notas tão sempre lá em cima.
13- Gosto muito de escrever (novidade). Nunca tenho um papel e caneta na mão, oque é horrível. Uso o celular toda vez que a inspiração vez. Anoto lá nas notas, que já estão super-lotadas.
14- Meu número preferido é 13, não por que é o dia do meu aniversario. Acho ele bonito.
15- Já sofri bullying. Recentemente dei de cara com um dos meus "agressores" na escola o que me gerou um impacto muito grande. Vi minha infância (horrível) passar de frente aos meus olhos. Por favor não pensem que eu sou fresca, eu não sou. E minha infância não foi totalmente resumida ao bullying. Ela foi boa de certa forma.
16- Sou filha única. Todos falam que eu tenho sorte, mas sei lá queria ter a experiencia de ter um irmão.
17- Amo calor. Tenho mais liberdade para usar o que quiser. A maoiria das minhas roupas é de calor e as minhas de frio não são aquelas coisas. Então eu só gosto do calor por causa disso do resto é horrível. u.u
18- Amo tomar sorvete de sabor chocomenta (conhecem?).
19- Não gosto de surpresas. Nunca estou preparada para elas e não gosto de não estar preparada.
20- Sonho em escrever um livro. Já escrevi dois romances, mas nunca corri atrás para publica-los.
21- Detesto brinco. Você até agora estava me achando estranha, piorou agora, né? Brinco realmente me incomoda. Todo mundo fala que eu tenho que usar brinco e ficar parecendo uma menininha bonita, mas eu realmente não acho que fico bem com um.
22- Adoro animais, principalmente cachorros. Tanto que tenho uma cachorra chamada Layla. Odeio vê-los abandonados na rua. Meu coração aperta.
23- Amo dormir, mesmo assim acho que acabo perdendo boa parte da minha vida em cima de uma cama. É estranho eu gosto das coisas, mas penso que estou perdendo tempo de vida ali fazendo aquilo.
24- Detesto maquiagem. (Eu sou uma menina, muito longe de uma realidade de uma menina.)
25- Falo sozinha e não é pouco é MUITO. Falo como se tivessem umas 30 pessoas do meu lado o que as vezes assustam ás pessoas que não me conhecem (e as visitas também).
26- Amos abraços apertados
27- Assisto a animes de vez em quando. 
28- Falo muitas gírias tipo: Véi, tipo, coé é.
29- Adoro cantar e dançar. Faço isso várias vezes ao dia, em qualquer lugar. É só dar vontade e eu solto a voz (Claro! Quando estou sozinha).
30- Sou influenciada facilmente. O que ás vezes me faz sentir sem personalidade. 
Acho que é só.

1 comentários Postado por Mayara Vianar às 11:54
22 julho 2013

Uma inovação está para surgir no blog (e no meu computador), Aguardem!

Ta, ta. Parei o enroleitoin. O meu pc ta dando problema e só amanhã eu formato. Então como eu estarei de "pc novo", decidi renovar tudo. Então amanhã começo a renovação aqui. :)
Até, estou com saudades de vocês.
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 15:47
11 julho 2013

O tempo parecia que apagaria, mas não apagou!

         

Naquele quarto vazio, deitada na cama e com as luzes apagadas, seu olhar fixava no teto. Estava séria, mesmo assim, eu percebia em seu olhar sua tristeza. Seus pensamentos pareciam longes, talvez em coisas que pareciam já ter sido esquecidas. Pobre menina, ela acreditava mesmo que o tempo apagaria aquilo. Pobre menina. Ela achava que o tempo resolveria e o deixou partir.

O tempo nunca apagara aquilo de você, não é mesmo?

Não. Parece que não. Eu podia jurar que seria para sempre, ele me entendia, nos entendiamos. Era o meu aniversário, o último dia que o vi. Por quê assim tão de repente?
Uma menina e um menino sendo amigos. Um dia essa amizade acabou, virou amor. Amor correspondido pelas duas partes. Despedida sem dizer adeus. Foi o que fez.

EU NUNCA VOU DESISTIR DE VOCÊ, ENTENDEU? VOU TE ACHAR, NÃO ACABOU! ISSO É UMA PROMESSA! -ela gritou tão alto, que tive a impressão que a rua toda tinha ouvido.

Por favor, desista. Acabou mesmo.
Não. Não acabou, quero respostas, quero ele. Volte, volte. - começou a sussurrar para si mesma- Volte, volte, volte.


Hey! :) Eu estava pensando em fazer um livro (com capa e tudo), mas claro de graça, baixado. Eu colocaria nele algumas histórias do meu caderno, algumas do blog com suas continuações. O que acham? Gostariam? Me contem!

2 comentários Postado por Mayara Vianar às 15:00
10 julho 2013
Pessoa 1:

Saia da minha mente, saia de mim. Me odeie e arranje uma maneira de ir embora. Logo. Já não quero você aqui, como queria no começo de tudo. Parecia duradouro, não é? Mas não foi. Definitivamente não foi. Você já está agindo estranho a tanto tempo, então vamos parar antes que alguém se machuque.

Cada um pro seu lado, sem ressentimentos, ou mágoas. Vamos seguir em frente.

Pessoa 2:

Ah! Claro para você é fácil falar, afinal você só ficou comigo superficialmente. Só de fachada. E ainda quer que eu te ame. Ajo estranho por que você me dá motivos. No final é melhor a separação.
Adeus!



Adeus!
0 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:53
08 julho 2013

A nova é dela: Ellie Goulding - Burn

Repassando alguns vídeos agora a pouco, quem eu acho? Sim! Ellie e sua nova música: Burn. A música é bem animada, e divertidíssima. Eu poderia ouvi-lá a noite inteira.


2 comentários Postado por Mayara Vianar às 18:39
30 junho 2013

Quis Comentar: Brigas com os pais.


A um mês atrás eu começava o blog com uma postagem que falava sobre cutting. Pensei bastante, pesquisei também, e vi que a maioria das meninas que se cortavam tinham uma certa briguinha na família. Eu posso dizer que também tenho, mas sempre minha mãe tem a razão. A algum tempo atrás eu dizia: "Ela está errada, eu to certa!" me colocava como dona da razão.

Isso era extremamente egoísta da minha parte. Então primeira dica: Quando estiver em uma briga tente ouvir seus pais, a parte deles. Algumas vezes nossos pais não nos entendem, eu sei. Mas tanto você como eles podem estar errados.

Tente sempre se manter calmo(a). Nunca dá para resolver brigas nervoso(a). Quando eu começava a brigar com eles, pensava que não me amavam mais e era um peso. Não pense assim! Sabe seu irmão/primo que vive te enchendo a paciência, então quando você briga com ele, você não deixou de gostar dele. A mesma coisa com seus pais, eles NUNCA vão deixar de te amar só por causa de uma briguinha.
Já tive várias brigas com os meus e posso dizer que nos conhecemos bem e nos entendemos razoavelmente. E você, já brigou muito com seus pais? E o que você faz para resolver as brigas? :D

1 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:04
26 junho 2013

Um mês! Já?






















A um mês atrás eu criava um blog com o nome de Quis Comentar. Numa noite de domingo sem nada para fazer, twitters que tinham para ser stalkeados, já tinham sido devidamente stalkeados. O tédio tomava conta assim como todos os meus domingos. Por algum motivo do acaso, uma página do blogger abriu (Tá! eu abri. XD).

Não achei que ia ter nem 10 visitas diárias, no fim os números acabaram me surpreendendo. Estou muito feliz por isso. Só tenho a dizer obrigado e desculpa pelo sumiço. :D
7 comentários Postado por Mayara Vianar às 16:57
18 junho 2013

Playlist da semana

E essa semana, para começar bem, escolhi as músicas que mais estou gostando no momento. Algumas para dançar até cansar no quarto, outras para pensar. Algumas antigas e outras novas. Fiz uma mistureba e olha aí o que deu: :D

E aí quais vocês tirariam e quais adicionariam? :D

3 comentários Postado por Mayara Vianar às 08:18
16 junho 2013

Um dia comprando palavras e comendo.

 E o programa de hoje foi: Shopping! Nós fomos comprar livros, é tão tedioso comprar livros em shopping, gostaria mesmo é de ir a grandes livrarias velhas, onde se tem aquelas escadas que correm. haha! Fora também os preços, que são um incentivo a leitura brasileira.
 Sim, sim! Coca-Cola se bebe com vontade!




 Yumii! Não sei se é isso  que se diz, mas esse "sorvete, salada de frutas com acaí" estava uma delícia.
 Haha! Só olhando a paisagem, meu papa ali atrás! *0*
Eu estava só andando  e resolvi tirar uma foto, mãe! Dei aquela famosa olhada pro horizonte, e o dedinho da minha mãe apareceu, olha seu dedinho aqui mãe! :D

 Sorvete no final, e hora de dar tchau! :(
 As ganhei no MC lanche Feliz, por falar nele, por favor MC Donald's melhore isso, por que já ta ficando horroroso. E vocês o que fizeram nesse  fim de semana? :D

2 comentários Postado por Mayara Vianar às 17:11
15 junho 2013

Amor e enigmas.


Eu vejo a vida correndo para algumas pessoas, mas eu estou aqui parada no tempo, pensando em você. Você mexeu comigo. Queria esquecer. É torturante pensar, pensar em como poderíamos ter sido felizes juntos. Pensar em possibilidades impossíveis. Pensar em algo falso, inexistente. 

O tempo não vai apagar ou amenizar essa falha que você causou. A falha que nós causamos. Ah! O amor, me fazendo sofrer novamente!  Eu simplesmente não o entendo. Não entendo como ele pode durar tão pouco, ser tão injusto, fácil de acabar, mas ao mesmo tempo ser lindo, doce e suave. 

Alguns dias atrás me falaram que o amor não dói, o que dói é ser rejeitado. Quem fala isso nunca entendeu o verdadeiro sentido do: "O amor dói." Ninguém entende o quanto pode doer apenas amar. Como isso? Eu não sei, mas eu sinto. 

Eu não sou muito adepta ao amor, que por mais que se ame, se esteja junto, você estará sempre sozinho. Mesmo assim: Amo amar!



0 comentários Postado por Mayara Vianar às 19:14

Fotos da semana sumida


Oi gente. Tudo bem com vocês? é comigo aconteceu uns probleminhas, por isso a falta de post. Escola, trabalhos, menor aprendiz e mais algo me fez me afastar daqui por alguns dias. É, agora posso dizer: Volteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeei!!!!!!!!!!!!!!!!

Haha! Ontem eu ia postar, mas meu blog resolveu pensar assim (blogs pensam, Mayara?): "Ela demorou para voltar, então agora vou pregar uma peça nela!" e o layout  deu bug. Tive que começar do zero. Tirei algumas fotos nesse meio tempo aí sumida, então acho que começarei uma nova tag aqui no blog: Fotos da semana. O que acham?

Passei por lá esses dias, tirei a foto de dentro do ônibus mesmo. Falando nisso, amanhã vou passar por lá novamente. Vou ao shopping comprar meu livro: Depois dos quinze (enquanto a Bruna já vai lançar o segundo e eu nem comprei o primeiro ainda, calma Bru!)
 Para aqueles que tem amor por remédios super recomendo. Têm um fundinho que lembra muito hospital. Na opinião (e paladar) não curti muito, minha amigas também não e sem contar o preço, uma caixinha dessas está 1 real. D:
Fazendo meu mural de fotos, até amanhã mostro para vocês como ficou. Pena que a foto ficou tremida e minha câmera é uma coisa linda.
Sim! Nós estávamos "estudando". haha! Bom, essa são só algumas amostras do que acontece se você dormir na minha sala. Essa foi até fraca, já passamos cola e enrolamos a pessoa na mesa com fita adesiva.

Casa da minha amiga Samanta. E abaixo minha rasteirinha que me acompanha todos os dias à escola. 

Tentando imitar da Bru, não deu muito certo! ahsaushshua #fail
E logo abaixo minha cachorra, a Layla, não consigo me imaginar sem ela.



0 comentários Postado por Mayara Vianar às 17:27